Devo estudar para ser o primeiro lugar em concursos públicos?

0
39

Passar em um concurso não é fácil. Poucos concurseiros conseguem a proeza de serem aprovados com menos de dois anos de estudo – principalmente quando se trata dos certames mais concorridos. Por isso, estar afiado no conteúdo é essencial e, assim, é normal se perguntar: devo estudar para ser o primeiro lugar em concursos?

Você deve achar que, se estudar para estar na posição mais alta da lista, dificilmente a aprovação não virá.

Isso porque, mesmo que haja outros “gênios” ou estudiosos que conquistem o primeiro lugar, você conseguirá ser classificado com folga.

No entanto, a busca pela perfeição pode, muitas vezes, ocasionar estresse e até mesmo desmotivação.

Há quem diga que sim, você deve estudar para ser o primeiro lugar em concursos. Há outros que afirmam que essa “sede pela aprovação lá em cima” é prejudicial.

Pensando nesse dilema, vou aconselhar se você deve estudar para ser o primeiro lugar em concursos. Continue a leitura!

Ao estudar para ser o primeiro lugar em concursos, em geral você quer ser craque em tudo

Primeiramente, preciso dizer que nunca estudei para ser o primeiro lugar e não acredito que essa seja uma postura legal.

Isso porque, quando você decide estudar para ser o primeiro lugar em concursos, você deseja se tornar um craque em tudo.

Isso resulta em uma rotina de assistir a aulas com três professores diferentes para cada disciplina e reunir diferentes materiais de cada uma, feitos por diferentes autores.

Além disso, você começa a perseguir novidades e, por fim, acaba sobrecarregado de conteúdo.

Ao tentar ficar expert em alguma matéria, outras disciplinas acabam ficando de lado. Logo, você poderá tirar nota 9 ou 10 naquelas que se dedicou amplamente, mas acabar sendo reprovado em outras, por não ter estudado com a mesma atenção todo o conteúdo.

Priorizar bons materiais de estudo é o mais importante

Antes de estudar para ser o primeiro lugar em concursos, tenha em mente que o mais importante é ter conhecimento suficiente em quase todo o conteúdo exigido no edital.

Assim sendo, nada de explorar uma variedade de livros e autores de uma só disciplina. Isso fará com que você seja bombardeado de conteúdo de uma só matéria e, assim, dificilmente conseguirá estudar a fundo todas as matérias até o dia da prova.

Dessa forma, para ter sucesso, você deve escolher um bom material de estudo, ou seja, o mais renomado para a sua área de estudos. O foco deve ser este material!

Se você estuda para a área fiscal ou para a área policial, eu elenquei a melhor bibliografia para cada uma dessas áreas. Estude, com zelo e atenção, cada um desses materiais!

Oriente-se pela nota de corte do último classificado

Agora você deve estar se perguntando “se eu não devo estudar para ser o primeiro lugar , como devo me orientar?”.

Minha recomendação é você pegar a última classificação do concurso desejado e verificar a média de pontuação do último aprovado.

É a partir da nota desse aprovado que você sabe quanto deve pontuar, com uma margem superior de acertos.

Isso é, se ele foi aprovado com nota 7, estude para obter, pelo menos, nota 8. Isso porque, em casa, seu desempenho sempre será melhor que na prova. Em casa você está confortável e sem ansiedade.

Já na prova há as carteiras desconfortáveis, apreensão e tempo limitado. Logo, se você tira 8 em casa, provavelmente tirará menos na prova.

Diferencie bem o que é ser aprovado e o que é ser classificado

Vale ressaltar que você deve se orientar pela nota do último classificado dentro do número previstos de vagas no edital.

Isso porque, geralmente, há uma série de candidatos “aprovados”, ou seja, que cumpriram os requisitos mínimos para serem qualificados para o cargo, mas que, pela ordem de notas, ficaram abaixo do número de vagas disponíveis.

Você deve se orientar pela nota que deve tirar para ser classificado dentro das vagas, ou seja, ser nomeado!

Ao atingir a nota suficiente, dedique-se às disciplinas que você tem mais dificuldade

Um grande problema de quem busca estudar para ser o primeiro lugar em concursos é, após atingir o conhecimento necessário, continuar batalhando pela perfeição.

Assim, você levaria tempo demais para ser perfeito em todas as disciplinas. Logo, a chance de não dar conta até o dia da prova é grande.

Dessa forma, ao alcançar o desempenho necessário em uma disciplina, busque aprimorar sua nota em outras, para que você saiba o suficiente para não ser reprovado em nenhum conteúdo.

Portanto, pense em tirar 9 e 10 após ter uma base sólida e suficiente para garantir a sua aprovação em quase todas as outras disciplinas exigidas.

Entretanto, tenha cuidado sobretudo com os concursos que exigem o mínimo por disciplina. Porque se você estudar para ser o primeiro lugar, pode acabar buscando a perfeição em muitas, mas deixar uma a desejar e pode ser justamente essa que irá travar o seu sonho de ser aprovado.

Em suma, o meu conselho é primeiro nivelar um bom desempenho em todas as disciplinas do edital. Só depois de cumprir esse objetivo que você estará autorizado a estudar para ser o primeiro lugar em concursos.

Por fim, lembre-se de que o seu objetivo deve ser colocar o seu nome como aprovado no Diário Oficial.

Não se preocupe em se destacar no cursinho, no grupo do Facebook e ter outras famas.

A aprovação é maior que qualquer um desses reconhecimentos.

Um abraço, Alexandre Meirelles.

You have Successfully Subscribed!

Dúvidas ou comentários? Escreva no campo de “comentários” logo abaixo. Além disso, fique à vontade para compartilhar este artigo nas redes sociais:

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezessete + 10 =