Início Notícias Como e por que registrar o tempo de estudo para concursos?

Como e por que registrar o tempo de estudo para concursos?

Para ser aprovado no concurso público dos sonhos, é fundamental ter uma rotina de estudos regrada e intensa. Por isso, é importante garantir que você esteja dedicando todo o tempo de estudo planejado e necessário para absorver o conteúdo!

Muitos concursandos sempre chegam até mim com a dúvida: é realmente necessário anotar o tempo de estudo?

Sim, colega! É indispensável registrar o tempo dedicado aos estudos diariamente. Dessa forma, é possível acompanhar o seu rendimento e garantir que você chegará com todo o conteúdo assimilado na hora da prova!

Neste artigo, vou explicar o método que sempre utilizei para registrar o meu tempo de estudo e apresentar outras alternativas para você anotar cada minuto. Confira!

Como anotar o tempo de estudo com eficiência?

Antes de começar a registrar o seu tempo de estudo, entenda que cada minuto gasto com o conteúdo deve ser registrado!

Anote ao máximo as suas HBCs (horas-bunda-cadeira), ou seja, o tempo em que você realmente está estudando de forma ativa e produtiva.

Pode ser que você tenha passado duas horas lendo um livro de Direito ou revisado uma lista de fórmulas matemáticas durante 15 minutos enquanto esperava na fila do banco – independente do tempo, essas HBCs devem ser registradas e levadas em consideração!

Você deve estar se perguntando como anotar cada minuto com eficiência. Pois bem, no meu tempo não havia aplicativos de gestão de tempo, logo, eu dedicava uma agenda inteira ao registro do tempo de estudo!

Se você quiser seguir o meu exemplo, pegue uma agenda do ano e anote o tempo de estudo dedicado em cada dia.

Anote o tempo dedicado para uma determinada disciplina, acompanhado de sua sigla! Por exemplo, suponha que você estudou 1h30 de matemática financeira:

14/03/2017

13h – 14h30 | 1h30 – MF

Ao registrar o tempo dedicado a cada disciplina, ao final do dia é possível somar com maior precisão o tempo de estudos do dia e verificar se você cumpriu a sua meta diária.

Repasse da agenda para o calendário do mês

Além da agenda tenha, separadamente, um calendário do mês. Você pode elaborar à mão ou imprimir modelos que você encontra na internet!

Assim, ao fim do dia, registre em cada quadradinho do seu calendário o número de horas dedicadas ao estudo no dia em questão.

É essencial também, ao final de cada semana, somar as horas dedicadas por dia e encontrar o total de horas de estudo da semana – isso também é importante para entender se você está cumprindo com a sua meta de estudo semanal.

Veja!

exemplo de calendário com horas estudadas
exemplo de calendário com horas estudadas

Ao somar o total de horas estudadas nas semanas, é possível fazer uma comparação entre o desempenho atingido entre uma semana e outra.

Se em uma semana você estudou 48h e na outra estudou 44h, é possível verificar quais fatores estão “roubando” suas horas de dedicação aos estudos!

Registrar o tempo de estudo é evitar a autossabotagem

É claro que a diferença de tempo de estudo observada entre os dias e semanas pode ser resultado de fatores externos e inevitáveis, como uma doença repentina, um problema de família ou até mesmo uma reunião no trabalho!

No entanto, registrar o tempo de estudo também permite que você identifique aspectos que estão sabotando o seu estudo.

Anotar o tempo de estudo permite que você repense as suas escolhas e se esforce ao máximo para cumprir as metas diárias, semanais e mensais de estudo!

Aplicativos recomendados para registrar horas de estudo

É claro que, na era dos smartphones, você não precisa ficar refém do papel para registrar o seu tempo de dedicação aos estudos!

Eu conheço dois aplicativos muito interessantes, que registram o tempo de estudo com muita eficiência. São eles:

Aprovado

O Aprovado é um aplicativo disponível na App Store e no Google Play e possibilita a você registrar seus estudos, analisar gráficos, manter histórico e ter controle total de sua dedicação e desempenho.

É possível acionar um cronômetro ao iniciar os estudos e registrar com exatidão o período dedicado.

A funcionalidade de gráficos permite que você analise gráficos e relatórios detalhados de toda a sua evolução e saiba exatamente em quais matérias e conteúdos você precisa melhorar para garantir sua aprovação.

Além disso, você pode visualizar o seu desempenho em qualquer dispositivo. É só utilizar a mesma conta de e-mail em outros aparelhos que você tiver o Aprovado instalado que tudo estará interligado.

Meu App de Estudos

O aplicativo do site Meu Cantinho de Estudos também é uma excelente alternativa para registrar o tempo de estudo!

O aplicativo possui uma taxa mensal de assinatura por R$ 6,90, que oferece acesso a todas as funcionalidades:

  • Contabilização do tempo líquido durante os estudos, com pausa e retomada;
  • Cadastro de estudos agrupados por matérias e temas;
  • Identificação do estudo organizado por teoria, revisão ou exercícios;
  • Estatísticas de desempenho por tipos de estudo, matérias, temas e exercícios;
  • Revisões de estudos geradas automaticamente pelo sistema;
  • Calendário de lembretes pessoais e anotações nos estudos efetuados;
  • Comparativo de estudos por período e contabilização geral de sua performance.

Vale ressaltar que você também pode elaborar uma planilha no Excel para controlar o tempo de estudo.

Na internet também é possível encontrar vários modelos de planilhas com funcionalidade de soma de tempo e diversas estatísticas.

Cuidado para não se render às distrações!

Mesmo utilizando aplicativos e tabelas virtuais, eu recomendaria que você anotasse primeiro no papel e, posteriormente apenas, preenchesse online.

Isso porque, no tempo para abrir o aplicativo e a planilha, você pode acabar desviando seu foco com notificações das redes sociais.

Se você optar por aplicativos ou tabelas online para registrar o seu tempo de estudo, tenha disciplina e resista à tentação de verificar notificações!

Evite o preciosismo com números

A última dica que tenho a oferecer é: evite preciosismo com os números ao anotar o seu tempo de estudo.

Se você contabilizou, por exemplo, 1h28 de estudo de uma determinada disciplina, registre como 1h30 de dedicação. Você não precisa ter tanto preciosismo com números quebrados – arredonde para mais ou para menos!

Para otimizar o tempo de estudo, também evite ficar esperando “dar a hora” exata para estudar – comece a estudar independente do relógio marcar 12h52 ou 13h.

Primeiro você senta para estudar e depois olha que horas são! 

 

Ter uma rotina de estudos bem definida e buscar cumprir as metas diárias e semanais de estudo é o caminho para a aprovação!

Respeite os seus horários como se estivesse indo a uma aula presencial com chamada ou a uma consulta médica. Se o seu compromisso fosse com outra pessoa, você não faltaria. Então, por que faltar um compromisso que você tem consigo mesmo?

Um abraço, Alexandre Meirelles.

newsletter
newsletter

You have Successfully Subscribed!

Dúvidas ou comentários? Escreva no campo de “comentários” logo abaixo. Fique à vontade para compartilhar este artigo nas redes sociais:

Fonte: www.metododeestudo.com.br/tempo-de-estudo

Siga nossas Redes

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Mais Lidas

6 dicas para estudar por meio de questões de concursos públicos – Método de Estudo

Estudar por meio de questões de concursos públicos é um método muito eficiente, uma vez que, durante a resolução de exercícios você exercita mais...

“Ideias que Colam”: entenda o existencialismo de Sartre em 2 minutos | Guia do Estudante

 (Instituto CPFL/Divulgação/Reprodução) O existencialismo de Jean-Paul Sartre foi uma das correntes mais importantes do pensamento francês. Ele ganhou força, sobretudo,...

Mortes durante pandemia no Brasil atingem mais pretos e pardos

A população de pessoas declaradas como pardas e pretas foram as que mais tiveram óbitos por causas naturais no Brasil, desde o início da...

Saiba mais sobre o novo ministro da Educação, o pastor Milton Ribeiro | Guia do Estudante

 (Instagram/Reprodução) Nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (10) o novo ministro da Educação: o professor e...

Conteúdo Relacionado

6 dicas para estudar por meio de questões de concursos públicos – Método de Estudo

Estudar por meio de questões de concursos públicos é um método muito eficiente, uma vez que, durante a resolução de exercícios você exercita mais...

“Ideias que Colam”: entenda o existencialismo de Sartre em 2 minutos | Guia do Estudante

 (Instituto CPFL/Divulgação/Reprodução) O existencialismo de Jean-Paul Sartre foi uma das correntes mais importantes do pensamento francês. Ele ganhou força, sobretudo,...

Mortes durante pandemia no Brasil atingem mais pretos e pardos

A população de pessoas declaradas como pardas e pretas foram as que mais tiveram óbitos por causas naturais no Brasil, desde o início da...

Saiba mais sobre o novo ministro da Educação, o pastor Milton Ribeiro | Guia do Estudante

 (Instagram/Reprodução) Nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (10) o novo ministro da Educação: o professor e...

Saiba mais sobre o novo ministro da Educação, o pastor Milton Ribeiro | Guia do Estudante

 (Instagram/Reprodução) Nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (10) o novo ministro da Educação: o professor e...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui