Início Notícias Devo estudar matérias que não caíram no último edital de concurso?

Devo estudar matérias que não caíram no último edital de concurso?

Você provavelmente já se pegou pensando se durante a sua preparação deveria estudar matérias que não caíram no último edital de concurso, certo? Ou será que a melhor opção é focar nos conteúdos que estiveram no último edital? Esse é um dos maiores dilemas dos concursandos durante a maratona de estudos para concursos públicos.

A publicação do edital muda completamente a dinâmica do estudo, pois o candidato passa a ter certeza do conteúdo que será cobrado e quais devem ser seus pontos de atenção.

No entanto, um concurseiro que deseja ser aprovado jamais deve começar a estudar só após a publicação do edital. A preparação deve ocorrer meses e até mesmo anos antes!

Assim, muitas pessoas me perguntam como estudar e aprender todo o conteúdo, mesmo sem o edital.

“Devo me guiar e estudar matérias que não caíram no último edital do concurso? É recomendável estudar disciplinas que não constaram no último edital de concurso?” Essas são algumas dúvidas que vou esclarecer neste artigo. Continue a leitura!

O último edital de concurso é o seu melhor norte

Estudar com antecedência é, de certa forma, realizar uma verdadeira premeditação do que será realizado, para que se possa alcançar o objetivo almejado.

Para se preparar com o máximo de assertividade, a base para estudar para qualquer concurso deve ser o último edital.

Se o último edital publicado do concurso público desejado tiver sido veiculado em até alguns anos, guie-se por ele.

No entanto, se novos editais não foram lançados nos últimos 10 anos, pesquise quais disciplinas estão sendo cobradas por editais semelhantes, para também estudá-las.

E quando há diferenças entre as disciplinas nos dois últimos editais?

Pode ocorrer, por exemplo, do último edital ter apresentado 10 disciplinas, enquanto o anterior, ter exigido 13 conteúdos. O que fazer, nestes casos? É necessário estudar as matérias que foram “excluídas” no documento mais recente?

Eu diria que não, você não deve se dedicar às matérias excluídas no primeiro momento. Caso elas retornem, você terá tempo para absorvê-las após o edital e antes da prova.

Se houver novidades, estude após o edital e antes da prova

Para alguns estudiosos, um novo edital de concurso pode mudar até cerca de 20% em relação ao conteúdo apresentado no anterior, mas geralmente em matérias não tão grandes e importantes quanto as que são mais certas de cair.

Para estar apto a estudar eventuais novidades, é fundamental dominar o conteúdo do último edital antes do lançamento do novo.

Dessa forma, quando o novo edital de concurso for lançado, você identificará as novidades e poderá estudá-las no período que antecede a prova (de dois a quatro meses após a publicação do edital).

Ao ter acesso ao novo edital, examine atentamente o documento para identificar os tópicos novos em relação ao edital antigo e que não foram estudados.

Tenha atenção ao analisar pois, muitas vezes, os assuntos de uma disciplina ficam sob o título de outra e em alguns casos o nome da disciplina é mantido, mas o conteúdo cobrado sofre alterações.

Já estudo o último edital há anos, posso estudar novas disciplinas?

Se você já é um concursando veterano e domina o último edital de “cór e salteado”, pode ser interessante especular e estudar matérias relacionadas ao conteúdo geralmente cobrado.

No entanto, jamais dedique-se a disciplinas incertas se você ainda não domina bem o conteúdo tradicional.

Estudar com antecedência é a postura ideal para obter a tão sonhada aprovação! Por isso, mantenha uma rotina de estudos e busque dominar o conteúdo historicamente cobrado pela banca do certame desejado.

Um abraço, Alexandre Meirelles.

You have Successfully Subscribed!

Dúvidas ou comentários? Escreva no campo de “comentários” logo abaixo. Fique à vontade para compartilhar este artigo nas redes sociais:

Siga nossas Redes

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Mais Lidas

6.500 vagas de trabalho em Concurso do IBGE para 2021

6.500 vagas de trabalho em Concurso do IBGE para 2021. É isso mesmo, o IBGE deverá contratar 6.500 profissionais temporários, o edital sairá em...

Concurso Tribunal de Justiça: Inscrição, Edital e Vagas

Algumas provas são sempre muito esperadas. A do Concurso Tribunal de Justiça é um exemplo. Você também quer uma vaga? Apesar do período de incertezas,...

Concurso da ABIN: Inscrições, Edital, Vagas e Apostilas

Trabalhar na Agência Brasileira de Inteligência é o sonho para muitos. O próximo concurso da ABIN, no entanto, ainda não tem previsão de acontecer. Na...

Foram abertas 13 mil vagas em 90 concursos no País. Veja como fazer sua inscrição!

90 concursos com inscrições abertas reúnem 13,2 mil vagas no país. O cargos são de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a...

Conteúdo Relacionado

6.500 vagas de trabalho em Concurso do IBGE para 2021

6.500 vagas de trabalho em Concurso do IBGE para 2021. É isso mesmo, o IBGE deverá contratar 6.500 profissionais temporários, o edital sairá em...

Concurso Tribunal de Justiça: Inscrição, Edital e Vagas

Algumas provas são sempre muito esperadas. A do Concurso Tribunal de Justiça é um exemplo. Você também quer uma vaga? Apesar do período de incertezas,...

Concurso da ABIN: Inscrições, Edital, Vagas e Apostilas

Trabalhar na Agência Brasileira de Inteligência é o sonho para muitos. O próximo concurso da ABIN, no entanto, ainda não tem previsão de acontecer. Na...

Foram abertas 13 mil vagas em 90 concursos no País. Veja como fazer sua inscrição!

90 concursos com inscrições abertas reúnem 13,2 mil vagas no país. O cargos são de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a...

Concurso da Polícia Federal – Edital – Inscrição – Gabarito

Concurso da Polícia Federal. A Polícia Federal Prepara a realização de novos concursos para o preenchimento de cargos vagos em seus quadros. Isso porque, nas...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui