Como voltar a estudar gastando pouco – Caderno do Enem

0
32

Quando você decide fazer um curso superior, tem muito a considerar, a começar pelos gastos. Universitário que é universitário passa lá os seus apertos, mas consegue sobreviver, pois sabe que está investindo no futuro e logo terá retorno

São inúmeros desafios feitas para chegar até o dia da formatura e estar feliz por tudo que passou (e depois rir das histórias). E entre esses desafios, um dos que mais preocupa quem está pensando em voltar a estudar são os gastos que estão envolvidos no processo. Mas existem maneiras de voltar a estudar gastando pouco, e nós vamos te ensinar!

Mensalidades

A mensalidade é o que mais pesa para quem vai estudar em uma instituição particular. Mas é possível contornar. Hoje, existem inúmeras maneiras de diminuir esse gasto, seja por meio de programas do governo (Prouni e Fies), por bolsas de estudo ou optando pela modalidade EAD.

  • Prouni: o estudante garante bolsas parciais ou integrais em instituições particulares, sem precisar pagar por isso depois.
  • Fies: o estudante financia parte (ou total) das mensalidades, mas precisa pagar depois de formado.
  • Bolsas de estudo: o estudante garante desconto ao longo de toda graduação, concedidas pelas faculdades ou por outras empresas.
  • EAD: o curso chega a ser quase 50% mais barato que o ensino presencial, com a praticidade de estudar em diferentes horários.

Viu só? São diferentes possibilidades que você pode escolher para estudar tranquilo sem ter dor de cabeça por causa da mensalidade. Entretanto, fica um alerta: com os cortes do governo, o número de vagas tanto para o Prouni quanto para o Fies são limitados (e diminuíram). Então, considere outras possibilidades. 

Leia também: Como fazer uma faculdade a distância sem medo de errar

Material didático 

Os professores vão recomendar muitos livros e materiais de estudo. Mas o alívio está no fato de existirem maneiras MUITO mais baratas de acessar esse conteúdo o/.

Antes de sair por aí gastando mundo e fundos em livros, verifique na biblioteca da sua faculdade ou na da cidade. Caso não encontre, procure a versão online para leitura ou peça emprestado a um conhecido. Se após revirar o mundo você não conseguir o livro, procure em sebos online, como a Estante Virtual. Fica muito mais barato! 

Transporte e alimentação

Para economizar no transporte, opte pelo bom e velho ‘busão’. Se acha que vai apertar, que tal procurar um grupo da faculdade de ‘carona solidária’ no Facebook. Quem sabe assim você não encontra alguém que mora perto da sua casa?  

Na hora do lanche, opte por levar de casa. Além de ser mais saudável, você evita gastos absurdos ao longo do mês. Outra maneira de economizar é optando pelo ensino a distância. Assim, você não terá gastos com transporte e alimentação. 

Aproveite o desconto de estudante (com moderação!)

 Estudantes possuem benefícios, como descontos em lojas ou em determinadas marcas. Antes de sair por aí ostentando, pergunte se está necessitando daquilo no momento. Se sim, aproveite o desconto. Se não, deixe para um momento mais propício. Lembre-se: você tem outras necessidades que não pode deixar para outra hora! 

Essas foram as nossas dicas para que volte a estudar gastando pouco. Se você tem alguma outra dica para economizar, que tal compartilhar com a gente por meio dos comentários? Pode ajudar um colega. 😉 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × um =