8.2 C
Nova Iorque
quarta-feira, abril 1, 2020
Início ENEM 2019 SISU: O que é - Inscrição - Notas - Resultado e Vagas

SISU: O que é – Inscrição – Notas – Resultado e Vagas

- Advertisement -

site do sisu no mec
O SISU depende dos resultados do ENEM

O acesso a Universidades se tornou mais democrático nos últimos anos. E uma prova disso está no SISU, você já sabe como funciona esse sistema?

Embora esteja passando por um momento de adaptação, o SISU representa uma oportunidade de ingressar nas principais universidades públicas brasileiras. Na verdade, o processo se tornou até mais utilizado do que os tradicionais vestibulares.

- Advertisement -

Para entender melhor como funciona esse processo, reunimos um guia completo a seguir. Confira!

Entenda o que é o SISU

Criado pelo Ministério da Educação em 2010, o Sistema de Seleção Unificada (SISU) é hoje a principal forma de entrada para universidades. Gratuito, o programa ou processo seletivo acontece duas vezes ao ano e ajuda estudantes a garantirem suas vagas no ensino superior público e também privado.

- Advertisement -

Parte do projeto Universidade para Todos, o SISU propõe a seleção de universitários a partir de seu desempenho no Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM). Para isso, são analisadas as notas e as vagas dispensadas pelas instituições.

Embora tenha como foco as universidades públicas, o SISU se relaciona também às particulares. Muitas faculdades oferecem bolsas integrais ou parciais por meio do Prouni, o programa Universidade para Todos. Além disso, a classificação no programa influencia também no FIES, fundo de financiamento para ensino superior.

Saiba como se inscrever no SISU

- Advertisement -

site do sisu
Todo processo de inscrição do SISU é feito pela internet

Todo o processo do SISU é feito pela internet. O ponto de partida para fazer a inscrição é ter feito o ENEM mais recente. Não é possível, por exemplo, se candidatar para uma vaga se tiver feito a prova há mais de um ano. Lembrando que mesmo pessoas que já terminaram o ensino médio há muitos anos também podem refazer a prova.

Para fazer a inscrição, é preciso acessar o site oficial do SISU e colocar os mesmos dados do ENEM. Tanto a senha quanto o login será o mesmo da prova. A principal restrição para poder participar do processo está na nota da redação. Para pleitear uma vaga em uma universidade, o aluno não poderá ter zerado a nota. Além disso, são necessários documentos básicos como:

 

  • CPF;
  • RG;
  • Endereço completo;
  • contato por telefone e email que estejam válidos.

Já no momento da inscrição, o estudante terá que escolher duas opções de curso. Para isso, vai avaliar quais vagas estão disponíveis e determinar se faz parte de algum grupo de cotas ou vai participar da ampla concorrência. Também é importante dizer que a inscrição para o SISU é grátis.

Aprenda como funcionam as notas do SISU

O SISU em si não trabalha com o critério de nota de corte. O principal fator está na redação, que não pode ser zerada. Para as inscrições, quem vai determinar a nota mínima são as universidades.

Em geral, as notas podem variar muito de acordo com curso e instituição. As universidades possuem total liberdade para determinar seus critérios. Contudo, para que o aluno não faça uma aposta no escuro, as notas de corte podem ser devidamente consultadas no site do próprio SISU.

A partir das notas de corte, cabe ao aluno decidir se vai persistir na escolha inicial ou buscar outra que esteja mais próxima de suas possibilidades. Além disso, há a opção de lista de espera. Se a universidade não conseguir preencher as vagas com a nota programada, pode acabar chamando outros alunos que estejam abaixo do corte inicial.

Os critérios base para a nota de corte passam por itens como:

  • quantidade de vagas disponibilizadas;
  • desempenho dos concorrentes interessados nessa mesma vaga;
  • número de pessoas que buscam pela vaga;
  • se o ENEM é o principal critério para a vaga ou a universidade leva outras questões em consideração.

Cursos como direito e medicina tendem a ser os com notas mais altas e mais concorrência. Até ano passado, era possível fazer a matrícula na segunda opção e ainda ficar na lista de espera para o curso de preferência. Atualmente, porém, essa possibilidade não existe mais.

Veja como são divulgados os resultados do SISU

lista de convocados do sisu
É possível ficar na lista de espera do SISU

Todo o processo de inscrição, escolha de vagas e resultados do SISU costuma demorar pouco mais de um mês. Em 2020, alguns problemas na definição das notas do ENEM acabaram atrasando um pouco o calendário.

Ainda assim, o que costuma acontecer é que o resultado é apresentado em até 40 dias, no próprio site do Sistema.

Já para os alunos que ficaram em lista de espera, não há uma data específica para a chamada. O interesse é principalmente do aluno, portanto, é ele quem deve ficar atento à página para não perder a data de uma eventual matrícula. Essa segunda chamada acontece após o início das aulas, quando as faculdades têm acesso ao número de desistentes ou faltantes.

Essa diferença entre datas acontece porque cada universidade segue seu próprio cronograma interno. Dessa forma, pode ser que uma instituição chame os alunos da lista de espera já na primeira semana de aulas, enquanto outra deixe para depois do carnaval, por exemplo.

Confira quantas vagas são oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada

As vagas do SISU dependem principalmente do que é ofertado pelas Universidades. Em 2020, estão previstas pouco mais de 235 mil vagas. Ao todo, são 128 instituições de ensino que utilizam o sistema como processo seletivo.

Muitas universidades, porém, ainda usam o vestibular como forma de acesso direto às suas vagas. Ainda assim, as vagas ofertadas pelo SISU em 2020 são em quantidade maior do que no ano passado.

Descubra a data do próximo SISU

calendário do sisu 2020
O calendário do SISU do segundo semestre ainda não foi divulgado

Por enquanto, ainda não foi definido o calendário do SISU do segundo semestre. A expectativa é de que as inscrições aconteçam apenas por volta da metade do mês de junho. Da mesma forma como na edição do primeiro semestre, será indispensável ter feito o ENEM 2019.

Se esse não é o seu caso, prepare-se portanto para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio em 2020, para poder se cadastrar apenas no SISU 2021. Contudo, convém dizer que o processo está passando por algumas alterações e pode ser um pouco diferente a partir do próximo ano.

Para não perder todas as novidades sobre o SISU, aproveite para seguir nosso Facebook e Instagram! Assim, você vai acompanhar as notícias mais importantes em tempo real!

 

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

7 carreiras para quem gosta de Geografia | Guia do Estudante

 (Pixabay/Reprodução) A Geografia é a área que estuda a Terra e sua ocupação pelo homem. Quem opta por essa graduação...

Home office: 5 dicas para ter foco e ser produtivo trabalhando de casa | Guia do Estudante

 (Getty Images/Reprodução) A facilidade com que se dissemina o vírus Covid-19 (novo coronavírus), causador da atual pandemia, fez com que...

Por enquanto, coronavírus não vai alterar calendário do Enem 2020 | Guia do Estudante

 (Wikimedia Commons/Reprodução) Em tempos de distanciamento social para conter o coronavírus, a pergunta que não quer calar entre os estudantes...

5 mil vagas de emprego para Rede Carrefour de todo o Brasil

Diante do aumento da demanda em todas as lojas do Brasil durante o período de isolamento social. O Carrefour abre 5 mil novas vagas...